Peritos judiciais: O que fazem?

Data: 19/12/2016 | Fonte: Nero Perícias

Sabe qual é o papel dos peritos judiciais? Neste artigo poderá descobrir o que um perito judicial faz, e porque é tão importante para o deslindar de casos judiciais, e extrajudiciais. Veja porque deve sempre contar com esses profissionais para resolver as suas dúvidas.

As perícias deverão sempre ser feitas por profissionais com conhecimentos aprofundados na área em que estão atuando, desde engenharia, matemática, arquitetura, documentoscipia, entre outras.

Os peritos judiciais devem também ter conhecimentos que permitam que ele saiba interpretar os contratos e a matéria legal em geral.

Peritos judiciais: O que fazem?

Qual o papel dos peritos judiciais?

Estes profissionais são auxiliares da justiça, como prevê o artigo 149 do CPC 2015, e o seu papel é de extrema importância na prestação jurisdicional, sempre que a prova de um determinado fato estiver dependente do conhecimento científico ou técnico.

Tamanha é a sua responsabilidade, o perito judicial deve agir sempre de forma mais imparcial possível, pois o seu laudo pericial servirá de apoio à sentença, auxiliando o juiz na tomada de seu julgamento.

Isso requer um esforço muito grande por parte dos profissionais, pois, como seres humanos, poderão ser levados a inclinar.se para uma, ou outra, posição que está sendo defendida no processo, ou seja, a tomar um juízo de valor.

Isso porque os peritos judiciais são impregnados com uma carga emocional do conflito grandes, além de estar influenciado pelas verdades adquiridas no decorrer da sua vida.

Essas são as grandes armadilhas postas no caminho de uma perícia judicial, e que o perito deve evitar de forma a ser imparcial, auxiliando na busca da verdade, e consequente decisão do processo.

Portanto, o perito judicial deve evitar envolver-se emocionalmente no processo, ou encarnar um preconceito, influenciando e dificultando a sua imparcialidade e neutralidade.

Os profissionais não devem preocupar-se em demasia com o preciosismo técnico, pois poderão colocar o juiz numa situação de impasse devido à não clarificação da matéria. Dessa forma, deve também elaborar o seu laudo pericial com linguagem acessível a pessoas que sejam leigas na matéria avaliada.

Os peritos judiciais são, desta forma, auxiliares da justiça, e como tal, gozam da confiança do juiz que o nomeou para o processo, devendo sempre manifestar-se sobre potenciais pontos ocultos por uma das partes, ou ambas as partes. Caso não o faça, contribui por omissão.

É por essa razão que podemos afirmar que o perito judicial é o olho técnico do juiz, e por isso deve sempre fazer uma análise dos fatos desapaixonada, e deve abster-se de manifestar-se sobre qualquer matéria de direito, ou fazer conclusões.

Essa é a função do juiz, e por isso só a ele cabe a função de tirar conclusões a partir das provas e autos apresentados.

Na NERO Perícias você encontra os melhores peritos judiciais do país, sendo que todos são formados para o efeito, além de terem todas as qualidades necessárias para o exercício pleno da sua função.

Entre já em contato com nossa equipe através do formulário no nosso site http://www.neropericias.com.br/contato.asp, ou através dos telefones (17) 3021-9200 ou (17) 99712-6600.


Mais notícias...