Campo de Trabalho do Avaliador de Imoveis

Data: 06/03/2017 | Fonte: Nero Perícias

O profissão de avaliador de imóveis está em alta, seja pela necessidade crescente deste tipo de profissional ou pela mídia em torno de uma disputa judicial entre COFECI/CRECI e IBAPE sobre quem poderia exercer esta atividade.

Dentre os principais campos de atuação deste profissional podemos destacar:

Perícia Judicial

Neste campo, o avaliador é constantemente chamado a trazer seus conhecimentos especializados em casos de desapropriações, sub-rogações, renovações de contrato de locação, revisões de aluguel, ações de indenização e várias outras.

Financiamentos, Hipotecas e Alienação Fiduciária

Nos casos de empréstimos bancários, garantidos por uma hipoteca, há interesse tanto daquele que vai tomar o empréstimo quanto daquele que vai receber a propriedade em garantia em conhecer o real valor do bem, de forma que aí também se impõe uma avaliação de imóvel criteriosa. Acrescentemos a alienação fiduciária de imóveis que, a cada dia se utiliza mais, como meio de garantir empréstimos e financiamentos.

Campo de TRABALHO do Avaliador de Imoveis

Implantação de Novas Empresas

Também nos casos de implantação de uma nova empresa, em que alguns dos sócios entrem com bens para integralizar o capital, nos casos de alienação de empresas, em que os compradores querem saber o valor do patrimônio, bem como nos casos de fusão de duas ou mais empresas em que é indispensável saber o valor de cada patrimônio a fim de que as cotas dos sócios sejam redistribuídas, há necessidade de uma avaliação bem fundamentada.

Igualmente as Bolsas de Valores estão interessadas no valor do patrimônio daquelas empresas para as quais são levantados fundos pela venda ao público de ações ou debêntures com a intenção de assegurar aos compradores o conhecimento dos fatos relativos às empresas que afetam o valor dos títulos e assim prevenir o público contra a emissão de títulos não respaldados por bens de valor suficiente.

Igual interesse têm as empresas financeiras que atuam como subscritoras ou repassadoras dessas emissões.

Seguros

Há duas aplicações da Engenharia de Avaliações no campo dos seguros: antes e depois do sinistro. As companhias de seguro e os proprietários igualmente interessados no conhecimento do valor da propriedade como base para a determinação tanto do valor do prêmio a ser pago à seguradora quanto do valor do dano sofrido pela propriedade graças ao sinistro.

Taxação

Os governos municipais são interessados no valor das propriedades que são sujeitas a lançamento para efeito de taxação do imposto predial ou territorial, enquanto o governo federal é interessado no estabelecimento de corretas taxas de depreciação para fins de taxação do imposto de renda, bem como para o cálculo do imposto sobre o lucro imobiliário.

Tarifas

Grande parte do processo de Engenharia de Avaliações tem seu desenvolvimento ligado ao controle das empresas concessionárias de serviços públicos, cuja contabilidade depende da correta avaliação de bens para a elaboração de tarifas a serem cobradas dos usuários pelos serviços prestados.

Administração

A avaliação das propriedades de uma empresa fornece informações úteis e importantes para a sua administração examinar as tendências dos custos de reposição, dos investimentos e das taxas de depreciação; esses elementos, entre outros, formam a base para que a administração de uma empresa possa estabelecer a política financeira a seguir com relação a imobilizações, custos, preços de venda e capacidade de competição.


Mais notícias...