A importância da Perícia Grafotécnica

Data: 26/06/2017 | Fonte: Nero Perícias

Todos nós, em algum momento da vida, precisaremos criar nossa assinatura e reproduzi-la em diversos documentos que assinaremos durante a vida. Tudo começa quando chega a hora de solicitar nosso Registro Geral (RG), a famosa carteira de identidade. Nesse momento, criamos uma marca registrada, um registro que irá nos representar ao longo da vida.

As assinaturas que realizamos em cheques, compras, testamentos e procurações servem para dar veracidade ao documento. Ela faz a autenticação daquilo que escrevemos, como uma forma de afirmação.

Porém, é muito comum que algumas pessoas neguem a veracidade de uma assinatura presente em determinado documento. Por mais que seja muito semelhante com o estilo original da pessoa, ou por mais que aquela seja, de fato, sua assinatura, não é raro se deparar com situações como essa.

Para garantir que a verdade seja provada nesses momentos e em diversas outras questões que profissionais da polícia e do Direito se deparam todos os dias existe a perícia grafotécnica.

a importância da perícia grafotécnica

O que é a perícia grafotécnica?

A perícia grafotécnica, também chamada de grafoscopia, nada mais é que um elemento da documentoscopia. Ela estuda e verifica a autenticidade, a veracidade ou a falsidade de escrituras, assinaturas e grafias ao analisar suas principais características e formas que tornam esses documentos únicos.

Por mais que possa parecer uma atividade simples, a perícia grafotécnica é uma função que exige muito conhecimento de quem a realiza. O perito grafotécnico, profissional que trabalha com a grafoscopia, utiliza a técnica da comparação para perceber se o que está registrado é verdadeiro ou falso.

Esses trabalhadores precisam estar cada dia mais atentos e capacitados para realizar essa função. A perícia grafotécnica exige muita especialização e técnica do perito grafotécnico, pois, atualmente, as fraudes estão se aprimorando de forma rápida e complexa. Portanto, um alto conhecimento técnico-científico é essencial para realizar essa função.

Quem utiliza?

A perícia grafotécnica é utilizada principalmente por Promotores de Justiça, advogados e outros profissionais da área de Direito. Cada dia mais esses especialistas têm recorrido a esse tipo de atividade para esclarecer dúvidas relacionadas a documentos e assinaturas envolvidos em processos judiciais nos tribunais do país.

Uma das principais preocupações quando se realiza a perícia grafotécnica são as condições do material que será analisado. É essencial que o perito grafotécnico tenha acesso a tudo que aconteceu com aquele documento. Até mesmo pequenas linhas e dobras podem registrar o caminho que ele trilhou até chegar naquele momento e revelar sua veracidade ou falsidade.

Registro

A análise realizada durante a grafoscopia precisa ser registrada de alguma forma. O documento que traz todas as informações levantadas pela perícia é o laudo pericial grafotécnico. Esse material traz todas as evidências recolhidas durante a verificação. Até mesmo fotografias podem ser utilizadas para sustentar uma hipótese sobre o que está sendo analisado.

Na cultura da perícia grafotécnica existe um lema que afirma que, entre duas assinaturas exatamente iguais e perfeitamente combinadas, pelo menos uma delas certamente será falsa. O que se tem em mente ao realizar essa afirmação é que a pessoa que irá realizar a falsificação da assinatura busca imitar perfeitamente a assinatura que está copiando. É esse tipo de atitude que entrega um falsário.

Gostou desse artigo? Compartilhe!


Mais notícias...